O Halloween no Mundo Colorido de Bobby… Oops, nas Filipinas

Quando penso em Halloween, imediatamente penso em um bando de criancinhas disfarçadas e um balde de doces. Sei que é uma festa bastante celebrada nos Estados Unidos e, quando era pequena e assistia aos filmes hollywoodianos, tinha vontade enorme de sair batendo nas portas dos meus vizinhos dizendo “trick or treat“.

A palavra deriva do termo escocês “All Hallows’ Eve“, que, literalmente, significa Véspera do Dia dos Reverenciados, ou seja, o Dia de Todos os Santos e marca o primeiro dia de uma época em que a Igreja Católica celebra os santos e os mortos. Como muitas festas e feriados católicos, acredito que sua origem seja pagã; neste caso, sua origem vem da festa celta de Samhain na qual se celebra o fim da temporada de colheitas e o início do inverno, uma época sombria.

Continuar lendo

Anúncios

As Eleições de 2014 #MudaBrasil

Essa é a primeira e única vez que vou me manifestar sobre o grande evento político chamado “Eleições Presidenciais” (claro, amanhã saberemos o resultado e não haverá mais sobre o que falar). Hoje, domingo, dia 26 de outubro, em todo o Brasil, ocorre o segundo turno de uma das eleições mais acirradas de todos os tempos.

Adoraria ser dramática e dizer “hoje é o dia que decidiremos o futuro do nosso país”, mas não posso por questões de princípios: 01-) não voto desde que saí do Brasil, há mais de sete anos; 02-) pessoalmente, não acredito que vá haver mudanças radicais, independente de quem ganhe.

Li alguma coisa a respeito das eleições, mas uma das coisas mais interessantes que li sobre esse tema foi no blog do Estadão no qual Julia Duailibi comenta sobre o comportamento dos eleitores e diz que Dilma e Aécio não são tão diferentes como muitos querem acreditar: “nem Dilma é tão de esquerda; nem Aécio tão de direita”. No fundo, a direita pão-com-ovo e a esquerda caviar não são tão diferentes assim, não importa o quanto as pessoas queiram acreditar nisso.

Continuar lendo

Vou-Me Embora Para Manila…

Outro dia, vi a pesquisa super abrangente do InterNations chamada Expat Insider: The World Through Expat Eyes, feita com mais de 13 mil pessoas ao redor do mundo.

Adoro ler sobre como as outras pessoas observam os países onde vivem, outros que, como eu, vivem fora de suas pátrias. Qual não foi minha surpresa quando vi que as Filipinas estavam em oitavo lugar da classificação geral, como top destination?

Continuar lendo