Salve São Jorge: o meu amor por BCN

Hoje é dia 23 de Abril, dia de São Jorge, dia do santo que matou o dragão. Na Catalunya, na Espanha, esse é considerado o dia dos amantes, no qual as mulheres ganham rosas e os homem ganham livros (“uma rosa para o amor e um livro para sempre”), também conhecido com Dia das Rosas ou Dia dos Livros. Infelizmente, nunca estive lá durante essa época: há dois anos, embarcava, nesse mesmo dia, para Barcelona para chegar no dia seguinte.

Como muitos sabem, amo a Espanha. E, embora seja contra o princío do dia dos namorados de forma geral, vou abrir uma exceção e escrever um pouco sobre o meu amor por Barcelona no dia de São Jorge (ou Sant Jordi, em catalão).

Barcelona é uma cidade que mora no meu coração. Pelos amigos que fiz e pela vida que vivi. Primeira cidade na Espanha que visitei, cidade do meu time de futebol (o grande Barça), Barcelona me marcou. Ainda me lembro que disse, no último dia da minha primeira visita à cidade, que um dia chegaria a morar lá. E, de fato, por seis meses, eu morei. E, quem sabe, volte a morar um dia, logo mais.

Continuar lendo

Anúncios