O Inverno de São Paulo e eu…

Eu tinha me esquecido… Enquanto caminho pela Avenida Paulista no começo de um dia útil qualquer, a garoa fria de inverno bate na minha cara e me faz lembrar que São Paulo é uma dessas cidades, na qual faz um calor de rachar um dia e um frio de congelar os ossos no próximo. São Paulo é uma cidade cujas mudanças de clima deixam qualquer um maluco – ou simplesmente com um resfriando constante.

O frio da chuva passa quando entro no edifício do curso que faria naquele dia. Ao olhar pela janela, percebo que nem mesmo um pequeno raio de sol consegue ultrapassar as grossas nuvens que cobrem a minha cidade. Naquele dia, o sol não brilharia e o frio continuaria. Ainda assim, no fim daquela semana, o sol voltaria a brilhar com uma forte intensidade de cozinhar o corpo e deixar a sensação de se querer deitar à beira da piscina com nada mais que um cocktail nas mãos… De 13º a 33º na mesma semana… Isso é São Paulo.

Continuar lendo

Anúncios

A Doce Vida de Business…

Sempre que viajei, via as pessoas naquela sessão do avião, em cadeiras confortáveis e espaço para as pernas. E eu sempre imaginei como deveria ser voar dessa forma. Eu sempre quis saber como era voar em Business Class.

Fui enviada para um projeto em São Paulo (EBA!) e, por causa da política (maravilhosa) da minha empresa, tive a incrível oportunidade de realizar esse meu desejo que pode parecer absurdamente supérfluo para uma pessoa que nunca voou. Para aqueles que voaram, especialmente grandes distancias, pode garantir  assegurar que o grande presente que alguém que viaja de classe econômica pode ganhar é ter todos os bancos de uma fila a sua disposição para que possa viajar deitado.

Continuar lendo

O Mercado Público de Puerto Princesa

Dando seguimento ao texto de Puerto Princesa, coloco algumas fotos que tirei durante a minha última visita a cidade.

Em geral, eu não gosto de mercados públicos: eles são barulhentos, cheios de pessoas e, em um país tão quente quanto as Filipinas, eles, em geral, fedem muito. Mas, depois que adquiri a minha DLSR e comecei a brincar com ela, descobri que esses mercados são lugares maravilhosos para tirar fotos.

As pessoas, as cores e a vibração do lugar o transformam em ótimo cenário para fotos. Logo mais, espero poder tirar fotos ainda melhores de lugares como esse! Por enquanto, deixo vocês com o meu olhar do mercado!

Continuar lendo

Brasileiras pelo Mundo e o Press Award UK 2013!

Outro dia, falando com a minha amiga Chris Marote de China na Minha Vida, pensávamos como tudo aconteceu. A Ann Moeller, escritora do Amarelinha, conseguiu, de uma forma quase mágica, reunir 20 mulheres ao redor do mundo, independentes e com perfil profissional, para serem correspondentes de uma iniciativa fantástica. Foi assim que nasceu o Brasileiras pelo Mundo.

Não tenho idéia de como funcionou a logística inicial do projeto, mas reunir tantas mulheres de uma vez não deve ter sido fácil! Eu, particularmente, tenho super orgulho de fazer parte desse projeto. Conheci a Ann através da Fabi Mesquita, meu anjo da guarda na Ásia. Aliás, sempre falo sobre ela, mas acho que não escrevi muito sobre os Mesquitas, minha família na Ásia que, por motivos de destino, voltou para o Brasil… Mas, ainda assim, os Mesquitas são, e sempre, vão ser minha família e meus anjos da guarda… Um dia conto toda a história de como a Fabi me acolheu na sua casa sem mesmo me conhecer… É, existem pessoas-anjo!

Continuar lendo