A Dor de Dentes e o Meu Aniversário

Eu sou uma daquelas tontas que amam aniversários. Sempre amei. Adoro que um dia, durante o ano, seja meu. Adoro tudo, desde as coisas mais banais, como o bolo, os presentes e os parabéns até o conceito de ter um dia que representa um ano novo só meu, um dia que representa o meu renascimento. Afinal, a cada aniversário, entra um ano novo na nossa vida. E, com ele, novas chances e oportunidades. E eu amo chances e oportunidades.

O dia do meu aniversário é tão sagrado que sempre tento tirar o dia livre. Nos últimos anos da minha vida, porque ele é tão próximo a um feriado, viajei. Em 2009, estava com meus amigos Deya e Guga em Madrid. Em 2010, estive em Edinburgh, com a Camila e o Almir. Em 2011, infelizmente tive que trabalhar, mas estava em Barcelona onde o passei com pessoas maravilhosas que carrego na minha vida e coração até hoje. Em 2012, encontrei minhas wives, Melissa e Sabrina, no Camboja. Esse ano, decidi ficar em Manila, na cidade onde moro, e festejá-lo com os amigos que fiz aqui. Afinal, chegar à metade da casa dos 30 com tantos sonhos realizados e pessoas maravilhosas ao meu redor é algo que tem que ser comemorado.

Continuar lendo

Anúncios